Os Deputados do PCP eleitos pelo Distrito de Setúbal vêm dar conhecimento e solicitar divulgação da iniciativa tomada hoje mesmo por este Grupo Parlamentar, no sentido de promover a Apreciação Parlamentar dos dois diplomas com que o Governo vem hoje transformar o Arsenal do Alfeite em Sociedade Anónima.  Enviamos em anexo os documentos relativos a essa Apreciação Parlamentar, e aproveitamos para enviar também os Decretos-Leis que lhe deram origem.
O Grupo Parlamentar do Partido Comunista Português promove no próximo dia 7 de Fevereiro, pelas 16 horas, na Associação Naval Sarilhense, em Sarilhos Pequenos, concelho da Moita, uma audição sobre uma iniciativa legislativa que estabeleça um regime especial de defesa e valorização das embarcações tradicionais portuguesas enquanto património cultural nacional.

No quadro geral da luta por um serviço público de qualidade na Linha do Sado, a entrada em funcionamento da sua total electrificação entre Barreiro e Praias do Sado, no final do ano passado, demonstrou quanto valeu a pena não desarmar.

A Direcção da Organização Regional de Setúbal do Partido Comunista Português reuniu a 10 de Janeiro e procedeu à análise da situação política e social da região e preparou a sua actividade e iniciativa política no ano que agora se inicia.

Propostas do PCP sobre o Metro Sul do Tejo votadas no Parlamento

PS inviabiliza apoio aos comerciantes

Com os votos contra do PS, foi rejeitado o Projecto de Resolução do PCP que propunha medidas de apoio ao comércio local face aos impactos da obra do Metro Sul do Tejo.

Propostas do PCP sobre o Metro Sul do Tejo votadas no Parlamento

PS inviabiliza apoio aos comerciantes

Com os votos contra do PS, foi rejeitado o Projecto de Resolução do PCP que propunha medidas de apoio ao comércio local face aos impactos da obra do Metro Sul do Tejo.


O Conselho Português para Paz e Cooperação condena firmemente o massacre perpetrado pelas forças militares israelitas contra a população da Faixa de Gaza durante o fim-de-semana, que já provocou mais de 300 mortos e cerca de 1500 feridos.

O Executivo da Direcção da Organização Regional de Setúbal do PCP analisou a situação social na Península de Setúbal e as consequências de décadas de política de direita agravadas pela crise capitalista, que se manifesta agora nas actividades produtivas da região, com consequências no emprego e no trabalho com direitos.

 

O agravamento da situação do país e da região é anterior ao desenvolvimento da crise. Mais de 32 anos de políticas de direita fragilizaram os sectores económicos nacionais, tornaram o país vulnerável, agravaram a exploração e a degradação das condições de vida dos trabalhadores e das populações. Os últimos 3 anos e meio de Governo PS aprofundaram este caminho de destruição do aparelho produtivo e regressão no plano dos direitos.