O PCP apresentou um projecto de resolução na Assembleia da República, que enviamos em anexo, propondo que esta recomende ao Governo a adopção de medidas para resolver os problemas ambientais causados pela SN Seixal, em Paio Pires.

O PCP e o seu Grupo Parlamentar têm conhecimento da situação laboral dos trabalhadores instaladores de redes e equipamentos de ligação a televisão, telefone e Internet da Nowo/Cabovisão e têm vindo a acompanhar este processo, relacionado com a falta de pagamento da retribuição aos trabalhadores, assim como o vínculo laboral detido ser ilegal, por se tratarem de falsos recibos verdes.

PCP questionou Governo sobre encerramento do balcão da CGD no Lavradio

Os deputados do PCP eleitos pelo distrito de Setúbal tiveram conhecimento da intenção de encerrar a Agência da Caixa Geral de Depósitos no Lavradio, concelho do Barreiro.

PCP questionou Governo sobre requalificação da ES João de Barros

O Governo autorizou a empresa Parque Escolar a assumir os encargos com a conclusão da empreitada de execução das obras de modernização da Escola Secundária de João de Barros, até ao montante de € 9.790.975,55 acrescido de IVA.

PCP questionou Governo sobre degradação da EB23 de Corroios

As instalações da Escola Básica de 2º e 3º ciclos de Corroios remontam a 1986. Com mais de 30 anos, a degradação do parque escolar é uma realidade. Desde que se encontra em Funcionamento, esta escola nunca foi sujeita a uma intervenção de conservação e manutenção profunda. As infraestruturas fundamentais precisam de ser substituídas rapidamente – frequentemente as canalizações, a rede de saneamento e a rede elétrica estão com problemas.

No passado dia 30 de Janeiro o PCP anunciou que iria apresentar na Assembleia da República 12 medidas de apoio às micro, pequenas e médias empresas.

Carência de assistentes operacionais no AE João de Barros

Carência de assistentes operacionais no Agrupamento de Escolas João de Barros, concelho do Seixal, distrito de Setúbal

O PCP apresentou o Requerimento com a proposta de redação a ver votada com carácter de urgência, o qual revoga o artigo 261.º da Lei Geral de Trabalho em Funções Públicas e repõe a retribuição na totalidade aos trabalhadores em regime de requalificação, o qual deu entrada no dia 10 de Março de 2017 e que se remete em anexo, para vosso conhecimento.